O que fazer em Boston: roteiro completo

Veja a lista de todos os pontos turísticos de Boston, onde comer e as melhores regiões para se hospedar.
Renata Assunção

Boston é marcante por sua arquitetura tradicional que lembra muito as cidades inglesas e o estilo vitoriano. Neste post nós vamos dar várias dicas turísticas da cidade, vamos falar sobre o tour que fizemos e contar algumas histórias importantes, afinal, Boston era uma das 13 colônias dos Estados Unidos e tem um papel de destaque em sua independência. Também vamos compartilhar nossa experiência conhecendo uma das mais prestigiadas universidades do mundo. 

Casal na beira do mar de Boston
A região portuária de Boston tem crescido bastante e oferecido boas opções de restaurantes.

O que ficou mais marcado na nossa memória foram as caminhadas que fizemos pela cidade. Boston é cheia de espaços verdes, tem um urbanismo muito bem organizado e prédios de tirar o chapéu. Além disso, nós adoramos os restaurantes e também vamos falar sobre eles ao final deste post. 

Sabemos que normalmente Boston entra nos roteiros turísticos acompanhada por outras cidades e que, muitas vezes, as pessoas destinam pouco tempo para ela, por ser uma cidade menor e fácil de se locomover. Sim, você consegue ver todos os pontos turísticos em um ou dois dias, mas achamos que, para vivenciar a cidade com calma, vale a pena ficar um pouco mais. Nós ficamos três dias e pretendemos voltar. 

Boston e a Nova Inglaterra 

Navio do Tea Party Ships & Museum em Boston
Navio do Tea Party Ships & Museum

A Nova Inglaterra é uma região de importante valor histórico para os Estados Unidos, fica no nordeste do país e possui seis estados: Connecticut, Maine, Massachusetts, New Hampshire, Rhode Island e Vermont. Boston é considerada o centro econômico e cultural, além de ser a cidade mais populosa.

O que fazer em Boston

Homem caminhando pelas ruas de Boston
Fernando caminhando pela região pelas proximidades do Commonwealth Avenue Mall

Como não tínhamos muito tempo, o concierge do nosso hotel sugeriu que fizéssemos um tour naqueles ônibus “hop on hop off”, que você pode subir e descer quantas vezes quiser. Eu não gosto muito deste tipo de passeio porque acho que os veículos demoram um pouco a passar nas estações e, algumas vezes, passam lotados, o que nos faz ter que esperar o próximo. 

Mas, descobrimos que este ônibus já foi considerado um dos 10 melhores “hop on hop off” do mundo pela revista Forbes e decidimos experimentar. O motorista é também guia e vai contando histórias ao longo do caminho, ou seja, não são aqueles áudios gravados dos tours que já fizemos em outros destinos. De qualquer forma, continuei achando que não vale muito a pena. O ingresso é caro e, como eu já esperava, o ônibus passou cheio em uma das estações.

De qualquer forma, coloquei acima o vídeo oficial divulgado pela empresa do Trolley Tour pra vocês assistirem. Minha sugestão é seguir o mesmo roteiro, porém fazendo os percursos de uber. Vai sair mais barato, mais rápido e a história dos locais vocês podem ler aqui, neste post. Abaixo vou falar sobre os pontos turísticos da cidade seguindo a rota deste passeio que fizemos no ônibus. Se você quiser saber mais informações e fazer sua reserva, clique AQUI.

Veja também > Paris: o que fazer, oque visitar, onde comer e onde se hospedar

Parada 1 – Faneuil Hall Marketplace – História e compras

Rua com lojas e pessoas caminhando em Boston
Região é destino de turistas em busca de lojas e restaurantes

Este é um dos pontos históricos mais importantes de Boston. Construído em 1742, este prédio sempre funcionou como um espaço de reuniões e de comércio. Também foi escolhido para a realização de importantes discursos como os feitos por Samuel Adams, governador de Massachusetts e grande promotor da independência dos Estados Unidos. Atualmente, o local faz parte do Boston National Historical Park e também atrai quem quer fazer umas comprinhas ou aproveitar as ótimas opções gastronômicas. Este é o ponto de partida do passeio Hop On Hop off. 

Fachada de mercado de comidas em Boston.
Experimente o sanduíche de lagosta, um dos mais tradicionais de Boston

Próximo a ele você também pode visitar:

Quincy Market – Este é o local preferido dos turistas que gostam de experimentar comidas de rua. Entre os pratos famosos, o sanduíche de lagosta. No verão também ocorrem shows de artistas de rua. 

New England Aquarium – Conheça o aquário que tem dezenas de espécies de animais marítimos ou faça uma excursão para ver baleias e golfinhos a cerca de 50 quilômetros de Boston.


Passeio de barco – Você pode fazer um passeio de barco pelo rio Charles aproveitando para conhecer a cidade de uma outra perspectiva. Veja algumas opções abaixo:

Parada 2 – North End – A “Little Italy” de Boston

Mulher sorrindo em frente a restaurante no North End, em Boston
Região é famosa por causa dos ótimos restaurantes italianos

North End ficou famosa entre os turistas por causa dos ótimos restaurantes italianos, uma espécie de Little Italy de Boston. Nós passamos por lá no meio da tarde e não conseguimos encontrar nenhum restaurante aberto. A sugestão é pesquisar qual você quer conhecer e fazer sua reserva com antecedência, até porque muitos ficam lotados. Além disso, a região também agrada viajantes em busca de prédios históricos.

Você também pode visitar a Casa de Paul Revere, edifício mais antigo da região central de Boston. Paul Revere foi um artesão considerado um dos patriotas da guerra da independência dos Estados Unidos. O imóvel, construído em 1680, foi recomprado por seus descendentes e reaberto como museu em 1908. 

Outra opção é conhecer a Old North Church, igreja mais antiga de Boston. Foi construída em 1723 e ficou conhecida como o primeiro local onde Paul Revere fez sua parada no “Midnight Ride”, famoso trajeto percorrido pelo artesão para avisar sobre a chegada das tropas britânicas. O alerta aos colonos era feito do alto da torre com uma lanterna. Uma piscada significava a aproximação das tropas por terra, duas piscadas, por mar. Por conta disso a frase “one if by land, two if by sea” ficou famosa.

Parada 3 – USS Constitution and Museum

Navio USS Constitution ancorado em Boston
USS Constitution – Foto: (CC BY-SA 4.0)

O USS Constitution é o mais antigo navio de guerra ainda em serviço nos Estados Unidos. Ele participou da Guerra de 1812 e durante a Guerra Civil serviu como navio-escola da Academia Naval. Além do navio, você também pode visitar o museu que possui coleções de armamentos, antiguidades, peças de navegação, cartas e pinturas.

Parada 4 – North Station

Fachada do Museu da Ciência em Boston
Museu de Ciências de Boston – Foto: (CC BY-SA 4.0)

Nesta parada você pode conhecer o Museu de Ciências, um dos mais famosos e divertidos de Boston. Tanto crianças quanto adultos gostam de aprender de forma interativa sobre dinossauros, raios e seres humanos. Mas saiba que para conhecer tudo, é bom reservar um dia inteiro. 

Parada 5 – Downtown Crossing – Historic District

Monumento no chão em homenagem ao massacre de Boston
Foto: (CC BY-SA 3.0)

Você pode ver o Boston Massacre Site, um monumento feito no chão para marcar o local do massacre de civis em 1770, pela tropa britânica, precursor da Guerra da Independência. Outros dois prédios históricos podem ser visitados nesta parada: Old State House, que foi sede do Tribunal Geral de Massachusetts até 1798 e o Old South Meeting House, que ficou famoso por ser ponto de organização do Boston Tea Party.

Parada 6 – As universidades de Cambridge: Mit e Harvard

Mulher ao lado de estátua de John Harvard em Cambridge

Harvard é uma das universidades mais prestigiadas do mundo e nela se formaram desde presidentes americanos a vencedores do Prêmio Nobel. Você pode fazer uma visita guiada que sai da Harvard Square ou pode baixar um aplicativo – Harvard Tour – em seu celular, com informações históricas de cada prédio.

Homem com máquina fotográfica em frente a prédio em Cambridge

Como a maior parte dos prédios são de acesso exclusivo dos alunos e funcionários, talvez você possa se interessar em conhecer o Museu de História Natural, que é aberto para o turista. Ele é bem mais acadêmico que o de Nova Iorque, por exemplo, mas tem um bom acervo. São 12 mil espécies em exposição divididas em 16 galerias. 

Outra instituição de renome localizada na mesma região é o MIT (Massachusetts Institute of Technology). Lá você pode conhecer o MIT Museum, que apresenta diversas tecnologias e algumas das últimas e mais empolgantes pesquisas realizadas dentro do instituto. 

Parada 7 – Beacon Hill – bairro mais famoso de Boston

Rua vazias com prédios antigos
Acorn Street, uma das mais fotogênicas da região. Foto: (CC BY 2.0)

Um dos lugares mais inusitados de Boston, o Beacon Hill é uma região cheia de ladeiras e casas de tijolos construídas em estilo vitoriano e iluminadas por lamparinas antigas. Parece que você está fazendo uma viagem pelo túnel do tempo. A rua mais instagramável é a Acorn Street

Você pode visitar também o parque Charles River Esplanade, que fica na margem sul do rio Charles, passear pela Louisburg Square, um dos endereços nobres de Boston, ou pode conhecer uma das mais antigas bibliotecas dos Estados Unidos, a Boston Athenaeum, fundada em 1807. Nesta região também encontra-se o Museu de História Afro-americana e a sede do governo de Massachusetts, que oferece um tour guiado gratuito.

Parada 8: Cheers Bar

Fachada do bar Cheers em Boston
Foto: (CC BY 2.0)

Aqui você pode fazer uma visita a um dos pontos mais famosos de Boston: o Cheers bar, que ficou muito popular por causa da série de televisão Cheers, que foi ao ar por 11 temporadas e chegou a ser indicada a mais de 100 Emmys. 

Visite o Boston Common, parque público mais antigo de Boston e que marca a história da cidade como um local de onde foram feitos alguns importantes discursos como os de Martin Luther King e do Papa João Paulo II. É o início do Freedom Trail, trilha de 4 km que passa por 17 pontos importantes da cidade. 

Parque em Boston. Árvores e pessoas caminhando
Boston Public Garden. Foto: Fernando Cravos

Passeie também pelo Boston Public Garden, um dos lugares mais lindos da cidade. Quando fomos para Boston estava no final do inverno, início da primavera e os barquinhos, comuns no verão, não estavam funcionando. Mas vimos muitos esquilos e paisagens bonitas.

Esquilo em Boston
Foto: Fernando Cravos
Foto: Fernando Cravos

Parada 9 – Prudential Center – Compras e restaurantes

Rua de compras em Boston
Newsbury Street é rua cheia de lojas, salões e restaurantes.

Passeie pela Newbury Street, uma rua enorme cheia de lojas, salões e restaurantes ou visite a biblioteca Mary Baker Eddy, que possui o Mapparium, um mapa do mundo de três andares em formato oval. Você se sentirá no meio do planeta Terra. A visita é guiada e dura cerca de 15  minutos. 

Parada 10 – Christian Science Plaza – Museus e concertos

Fachada de museu de Boston
Museum of Fine Arts, Boston. Foto: (CC BY-SA 4.0)

Nesta parada você pode visitar um dos maiores museus dos Estados Unidos. O Museu de Belas Artes guarda a segunda maior coleção permanente de obras de arte na América, depois do MET, em Nova Iorque. Já se você preferir um local mais intimista e acolhedor, conheça o Museu Isabella Stewart Gardner, que fica em um palacete veneziano com jardins e luz natural justamente porque Isabella achava as experiências em museus muito impessoais em lugares tão fechados. Se tiver a oportunidade, não deixe de assistir a um espetáculo no Symphony Hall, considerado uma das melhores salas de concerto do mundo por causa de sua acústica.

Parada 11- Copley Place Mall – Shopping

Esta parada é bem próxima à parada 10 e fica bem em frente ao Shopping de lojas de luxo Copley Place. 

Parada 12 – Copley Square

Fachada de igreja Trinity de Boston
Igreja Trinity de Boston. Foto: (CC BY-SA 3.0)

Nesta parada você pode ver a Trinity Church, reconhecida como um ponto cultural da cidade ou visitar a Biblioteca Pública de Boston, que foi construída como um “palácio para as pessoas”.

Parada 13 –  Theater District

Esta região é cheia de teatros, uma espécie de Broadway de Boston. Você pode conhecer o Wang Theatre e fazer um tour por este que é um dos teatros mais conhecidos da cidade. Também nesta parada você pode visitar o Chinatown, o único de toda Nova Inglaterra.

Parada 14 – State House

Nesta parada você pode visitar a Casa de reuniões africana que é a mais antiga igreja afro-americana e foi a primeira igreja batista africana dos Estados Unidos. Este local serviu como escola e também para reuniões comunitárias. Foi ali que ocorreu a fundação do movimento abolicionista. 

Parada 15 – Boston Tea Party Ships & Museum 

Fachada do Boston TEa Party Ships & Museum

A Festa do Chá (Tea Party) foi um protesto realizado pelos colonos americanos contra o governo britânico em 1773. Insatisfeitos com a alta cobrança de impostos sobre produtos como chá, açúcar, vinho, entre outros, eles atiraram 45 toneladas de chá ao mar no porto de Boston.

Atualmente o turista pode visitar o museu dedicado a este movimento, que foi tão importante para a independência dos Estados Unidos. O Boston Tea Party Ships & Museum é um navio atracado ao cais, ao qual você pode fazer uma visita guiada. O passeio começa em uma sala onde ocorre uma encenação de uma reunião municipal tendo como líder Samuel Adams, depois você é encaminhado para o navio e pode lançar chá ao mar. No final você vê vídeos que contam mais detalhes desta história. 

Este é considerado um dos melhores museus de Boston, mas nós não pudemos conhecer, por questão de tempo e horário. De qualquer forma, passamos na porta e vimos o navio. Nesta parada você também poderá visitar o Instituto de Arte Contemporânea e/ou o Museu das Crianças, considerado um dos mais influentes do mundo. 

16 – Boston Convention Center

Beira mar com prédios em Boston
Região portuária de Boston cresce cada vez mais. Foto: Fernando Cravos

Este bairro é um dos que mais tem crescido e prosperado em Boston. Inclui as regiões de Fort Point, Fan Pier, Convention Center e Marine Industrial Park. 

17 – Boston Fish Pier

Fachada de cervejaria em Boston
Fábrica da Harpoon Brewery – Foto: (CC BY-SA 4.0)

Se você gosta de cerveja artesanal, pode aproveitar esta parada para conhecer a Harpoon Brewery, que produz cervejas premiadas e é a 12ª maior fábrica de cerveja artesanal dos Estados Unidos. Também vale a pena pesquisar a agenda de shows do Blue Hills Bank Pavilion ou fazer reserva em algum dos restaurantes da região com vista para o mar. 

18 – South Station

A parada 18 está próxima da parada 15 e as possibilidades de passeios de repetem. Também é uma área com ótimos restaurantes e hotéis. 

Você chegou ao fim do passeio. Estes são os principais pontos turísticos e históricos de Boston. Você pode visitá-los em um dia, mas também pode utilizar uma semana, dependendo do seu ritmo e se for conhecer todos os museus e prédios por dentro.

Onde comer em Boston

Boston tem diversas opções de bons restaurantes e, apesar de a maior parte deles não ficar aberto o dia inteiro, o horário do jantar é cedo e as cozinhas começam a funcionar por volta das cinco e meia da tarde. Para nós foi ótimo porque fazíamos apenas duas refeições: um café da manhã reforçado e este almoço/jantar. Para fazer nossa escolha e também as reservas nos restaurantes, nós baixamos dois aplicativos: o Open Table e o The Fork. Na nossa viagem experimentamos três restaurantes:

A casa de carnes Abe & Louie’s, com um salão super elegante e atendimento super eficiente.

O restaurante de frutos do mar Atlantic Fish, que estava super cheio (ainda bem que tínhamos reserva). Ambiente elegante também, ótima comida e uma carta de vinhos bem diversificada.

E o italiano Paparazzi, onde fomos atendidos por um garçom brasileiro muito simpático e cordial. Restaurante descontraído, para famílias.

Onde se hospedar em Boston 

Nós escolhemos o Hilton do bairro de Back Bay para a nossa hospedagem e gostamos muito da localização. Ele fica bem próximo de vários pontos turísticos e fomos a pé para todos os restaurantes que citamos. Passeamos pela Newbury Street, fomos até o Boston Public Garden e conhecemos a Louisburg Square. 

Escolher um hotel para se hospedar em Boston é uma tarefa simples, já que a cidade é relativamente pequena. A maior parte dos turistas escolhe o Downtown, onde está localizado o início da Freedom Trail. Se você der prioridade a ter uma vista bonita, talvez queira se hospedar no Waterfront, região portuária revitalizada. Nós tivemos vontade de ficar em Beacon Hill, para nos sentirmos verdadeiros moradores de Boston, mas os preços dos apartamentos são bem altos por lá, e o conforto do hotel que escolhemos, acabou sendo mais interessante. 

Bom, isto é tudo. Espero que eu tenha ajudado a organizar a sua viagem para Boston. Se você ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco aqui nos comentários ou pelo nosso Instagram @casalgiramundo. Boa Viagem!!

Post que também podem te interessar:

Nova Iorque: 10 pontos imperdíveis

Roteiro de 2 dias em Washington DC

Miami: Roteiro completo