Dez cidades para conhecer na Toscana

Conheça um roteiro com as principais cidades da Toscana e saiba o que fazer em cada uma delas
Renata Assunção

Quando a gente começa a organizar uma viagem para a Toscana a primeira dúvida que surge é qual das cidades escolher para visitar, afinal, a região tem quase 23 mil quilômetros quadrados de extensão e são muitas as opções. Mas não se preocupe. Neste texto falamos um pouquinho sobre algumas cidades que visitamos. Esperamos ajudar você com dicas sobre dez Cidades para conhecer na Toscana.

Algumas considerações importantes:

  • Nós achamos que para conhecer toda a região é melhor escolher duas ou três cidades como base. Fazer bate e volta todos os dias acaba ficando bastante cansativo, porque, apesar de lindas, as estradas são sinuosas e você terá que andar devagar. 
  • O melhor jeito de conhecer a Toscana, é, sem dúvida, de carro. Isso porque as estradas são de emocionar e o transporte público entre as cidades pequenas não é dos mais eficientes. 
  • Nós somos adeptos do slow travel e não fazemos mais do que uma cidade por dia. Mas, se você preferir, conseguirá conhecer duas ou até três por dia.


Nossas bases de apoio foram Florença, Pontedera e San Quirico D’Orcia. Sabemos que as duas últimas não são muito conhecidas, mas elas foram ótimas, e justamente por serem menos conhecidas, tinham uma boa oferta de hotéis com preços mais convidativos. Veja o mapa com os locais que visitamos abaixo. 

Algumas cidades para se conhecer na Toscana

1 – Florença

Conhecida como a capital da Toscana, Florença é uma cidade lindíssima que certamente merece sua atenção. Além de ter um museu que possui uma das maiores coleções de arte renascentista do mundo (o Degli Uffizi) e de guardar uma das maiores obras de Michelangelo, o Davi (na Galeria da Academia), Florença é um museu a céu aberto. Na Piazza Della Signoria, por exemplo, muitas das esculturas expostas são obras de arte originais, e não réplicas. Destacamos ainda a arquitetura da cidade. A Catedral de Santa Maria del Fiore é linda e merece uma visita, ainda que o turista não tenha nenhuma crença religiosa. No mais, caminhar por Florença é muito gostoso. Algumas ruas são proibidas para veículos e você poderá andar com tranquilidade. Para fechar com chave de ouro, a oferta de bares e restaurantes é ótima. Experimente a bistecca alla fiorentina.  

Veja Também : > Onde comer em Munique

2 – Lucca

A cidade medieval ainda não virou um super destino turístico como algumas outras da Toscana e você poderá andar com mais tranquilidade. Sugerimos alugar uma bicicleta para passear pelos muros e pelo centro histórico. Lucca possui uma praça que foi construída onde antigamente (século II) havia um anfiteatro – a Piazza dell´Anfiteatro. Outros pontos turísticos importantes são a Torre Guinigi, uma das poucas torres dentro dos muros da cidade e a Catedral. Também recomendamos um almoço no ótimo restaurante Giglio, que tem uma estrela Michelin.

3 – Pisa

A famosa cidade da torre tem pouco pra ver, além da torre. Mas é aquele destino clássico, e tão próximo dos outros que listamos, que vale a pena dar uma passadinha. Porém, diferentemente das outras cidades, para Pisa umas poucas horinhas são suficientes. Na praça Duomo, conhecida como a Praça dos Milagres, você poderá ver os principais monumentos da cidade que são a Catedral de Santa Maria Assunta, o Batistério de San Giovanni, o Camposanto e, claro, a famosa torre inclinada. 

4 – Pontedera

Poucas pessoas já ouviram falar nesta cidade. Foi aqui que a famosa moto Vespa foi criada. Você pode visitar o museu deste ícone italiano. Também pode conhecer uma fábrica de chocolates que foi eleita a melhor do mundo. No final, claro, tem degustação. Em Pontedera tivemos um dos melhores jantares da viagem. O nome do restaurante é La Polveriera.

 

5 – San Gimignano

É conhecida como a cidade das torres porque na Idade Média a população demonstrava seu poderio econômico construindo torres para morar. Atualmente existem 14 torres preservadas, a mais alta é a Torre Grossa, que fica na praça Duomo. Ela é aberta para visitas. A cidade é pequena e você consegue visitar tudo a pé. Ao redor das muralhas existem vários estacionamentos. Se estiver de carro, aproveite para apreciar a cidade da estrada, é um dos ângulos mais bonitos. 

Saiba mais sobre: > O que fazer em um dia em Frankfurt

6 – Siena

Uma cidade super vibrante e interessante, ficamos com vontade de ficar mais dias em Siena e achamos que é um bom lugar para se hospedar. A Piazza del Campo é o principal cartão postal. Nela fica a torre de Mangia, de 102 metros e é onde ocorre a famosa corrida de cavalos Palio de Siena. Outro ponto super visitado é a catedral. Se estiver de carro, cuidado para não levar uma multa. Muitos locais são proibidos para veículos. O melhor é buscar um estacionamento ao redor da cidade. Ah! Não deixem de conhecer a Pasticceria Nannini, uma espécie de Confeitaria Colombo, onde você poderá experimentar vários doces locais. 

7  – Montalcino

 


A terra do famoso vinho Brunello di Montalcino. A cidade é super pequenininha e charmosa. Dá para conhecer tudo a pé. Comece seu passeio pela Piazza Del Popolo, que é a praça principal, onde fica o Palazzo Dei Priori, atualmente sede da prefeitura. Depois vá a Fortezza Di Montalcino, um exemplo de arquitetura militar construído no século XVI. Atualmente lá dentro funciona uma enoteca com vários tipos de degustações e também ocorrem eventos. Quando fomos estava rolando um festival chamado Jazz & Wine. 
Reserve seu hotel na Montalcino na Toscana clicando em => Booking.com – Montalcino.

8 – Montepulciano

Próxima a Montalcino, Montepulciano, sem dúvida, está entre as cidades para conhecer na Toscana. Dá para visitar as duas em um só dia, caso você esteja com pouco tempo. O mais legal a fazer é caminhar por suas ladeiras, ver as lojinhas, apreciar a vista e se deliciar com as degustações de vinhos dos bares e restaurantes. Leve moedas para pagar o estacionamento (ou baixe o aplicativo e pague com seu cartão de crédito). 

9 – San Quirico D´Orcia

Quando escolhemos esta cidade para nos hospedar, não esperávamos muito, mas fomos positivamente surpreendidos. San Quirico D´Orcia é pequena e charmosa. Dentro das muralhas não há pontos turísticos imperdíveis. O legal é passear e se deixar levar por suas ruelas. Para jantar, sugerimos a Trattoria Toscana Vecchio Forno. Ela tem uma varandinha super agradável. Na foto, a Capella della Madonna di Vitaleta, do século XVI. Fica entre as comunas de San Quirico D´Orcia e Pienza, numa região marcada por colinas, ciprestes e campos de trigo.Vale a pena uma paradinha na estrada para apreciar.

10 – Chianti – Greve

Outra região famosa por seus vinhos, que são mais populares e têm um preço mais acessível que os Brunello de Montalcino. Greve, o coração de Chianti, é uma das mais importantes cidades para conhecer na Toscana. Conheça o seu centrinho, onde fica a Macelleria Falorni. Vá também a Enoteca Falorni, onde são oferecidos mais de 140 rótulos diferentes de vinhos, vendidos em taças. Se quiser fazer uma degustação, indicamos a Wine lovers Academy, onde tivemos uma pequena aula sobre a região. E também vale passear ao redor da cidade. Nós fomos na Villa Vignamaggio, onde teria morado Lisa Gherardini, a Monalisa, de Leonardo Da Vinci. 

Estas foram as cidades que visitamos. Esperamos ter conseguido ajudar a organizar o seu roteiro. Se ainda tiver alguma dúvida sobre cidades para conhecer na Toscana, entre em contato conosco, ou escreva aqui nos comentários. Boa viagem!